Como parte obrigatória do currículo de ensino básico, as aulas de artes são tidas muitas vezes apenas como parte de lazer dos alunos.

Porém, a arte vai muito além das dos desenhos.

A abordagem prevê que os estudantes desenvolvam a criatividade, a interpretação e que com isso também aprendam a se expressar emocionalmente promovendo melhora na autoestima.

Com base nisso, a professora de artes Vanessa Cristine propôs uma nova experiência para seus alunos do 8° ano: Desenho de observação fora da sala de aula.

O tema que faz parte do plano de ensino, onde são abordadas modalidades de desenho, teve como inspiração a obra “A Feira II” (1925) de Tarsila do Amaral.

Nesta atividade todos puderam desfrutar de um novo ambiente onde a observação não se limita apenas ao objeto especifico, mas aos sentidos promovidos pelo espaço em que estão. De acordo com a professora “O exercício estimula o olhar atento, concentração e a transformação de uma imagem visual em representação gráfica”.

Essa percepção semeia o aprendizado artístico cultural, o que por sua vez incentiva o aluno a consumir arte de maneira natural aumentando seu repertorio tanto cultural como estético.

***