A proposta gera maior imersão das crianças na língua inglesa como parte do aprendizado dentro e fora de aula

O mercado de trabalho não tem sido fácil para aqueles que não conseguiram aprender um segundo idioma, sobretudo o inglês. Desde que o ensino se tornou parte do ensino regular de crianças e adolescentes, as escolas de todo o país têm enfrentado dificuldades em agregar valor às aulas deste segundo idioma.

Tais dificuldades, aliás, se tornam visíveis quando o aluno sai da escola e parte rumo à procura de emprego, sentindo suas deficiências em um segundo idioma não aprendido. Desta forma, tudo se torna um ciclo vicioso e sem fim. Será?

Com mais de vinte e cinco anos de tradição em Guarulhos, o Colégio Torricelli encontrou uma solução para que nenhum de seus alunos chegue ao mercado de trabalho sem o inglês. Pelo contrário: a instituição adaptou seu currículo para que a absorção deste segundo idioma comece logo cedo.

O ensino de inglês pelo método sociointeracionista

Até o final de 2019, os alunos da Educação Infantil, que abrange crianças de 2 a 5 anos, já tinham em sua semana uma aula de inglês. Assim, o dia a dia dos pimpolhos alcançavam ótimos resultados enquanto os professores da instituição aplicavam, em suas aulas, o método sociointeracionista.

Tal método afirma que uma criança pode aprender de acordo com um signo, ou seja, o símbolo representado em uma linguagem oral ou escrita. No Torricelli, o aprendizado é baseado em cima da realidade das crianças dentro de seu aprendizado regular.

Enquanto o professor de geografia pode explicar sobre rochas, o professor de inglês aplica o mesmo aprendizado para o segundo idioma, traduzindo as necessidades do aluno em algo mais real, que não seja puramente técnico. Ao contrário, pois, de acordo com a teoria sociointeracionista, a criança começa a aprender e desenvolve seu máximo potencial gradativamente, sempre utilizando a própria linguagem como ferramenta.

É por isso que os jovens alunos do Colégio Torricelli compreendem a língua inglesa de forma mais abrangente, pois desde pequenos são estimulados a trabalhar a própria realidade a partir de outro idioma.

O resultado da ampliação das aulas de inglês já começa a aparecer

Mas, para tornar o ensino ainda mais eficaz, a instituição passou a oferecer, desde o início de 2020, a ampliação do conteúdo em língua inglesa. Os alunos do Ensino Infantil passaram a assimilar duas aulas de inglês por semana!

Isso significa, em resultados, que o aprendizado pela linguagem e pela realidade em sala de aula ganha mais tempo para o desenvolvimento do conteúdo e sua assimilação. As crianças ganham, sobretudo, autoestima para praticar de forma livre os métodos aplicados pelos professores.

Desde 2020, também, o ensino da língua inglesa no Colégio Torricelli ganhou um reforço: a professora Patrícia, Coordenadora de Idiomas, que estimula o método CLIL para reforçar o aprendizado em cada aula.

Por isso, além de todo o conteúdo ser transmitido com foco na teoria sociointeracionista, é na aplicação de integração do inglês às outras matérias que cada uma das crianças da Educação Infantil ganha em experiência.

O aprendizado lúdico deixa a aula divertida e o seu filho absorvendo melhor o conteúdo

E, se você acha que tudo isso se traduz em aulas maçantes nas quais as crianças ficam entediadas por horas a fio, pense duas vezes. A experiência de cada uma delas resulta na transformação recorrente de seu aprendizado. Assim, elas aprendem o inglês de maneira didática e, muitas vezes, divertida.

Isso porque os métodos utilizados não reforçam o estigma de leitura e repetição. Eles são estimuladores do aprendizado por vivência, gerando excelentes experiências e memorização como as demais matérias das crianças.

Se há um brinquedo no qual a professora geralmente o estimula, como a socialização de formas geométricas em uma sala com diversas crianças, a mesma experiência será repetida, mas em inglês, para que ela compreenda que não se trata de um bicho de sete cabeças.

É por isso que os resultados já começaram a aparecer em 2020. Com duas aulas semanais de inglês, a Educação Infantil só tem a ganhar.

A imersão na língua inglesa no Colégio Torricelli está no método Global

Para as crianças que ficam na escola em tempo integral, há um grande bônus no aprendizado de inglês: além das duas aulas da modalidade Educação Infantil, há o ensino prático através do Global, ou a aplicação do aprendizado de forma espontânea e lúdica.

As crianças têm suas aulas regulares, duas vezes por semana, e, além delas, duas aulas de Global para ter imersão na língua inglesa de forma ainda mais dinâmica. Através de brincadeiras, filmes e outras atividades relacionadas ao dia a dia, as crianças mergulham de cabeça no inglês como ele é.

E os pais aprovaram! Pois, sabendo que seus filhos estão aprendendo inglês de forma tão natural, nada melhor para eles do que saber que os bens mais preciosos de suas vidas crescerão compreendendo o inglês como outra língua a se desenvolver, e não como um fardo. Assim, o mercado de trabalho agradece, mas os filhos agradecem ainda mais.