banner3-amanda

Depoimento da aluna Amanda Vieira Pinheiro, recém formada no ensino médio pelo Colégio Internacional Torricelli e que passou direto em três universidades públicas:

O Colégio Torricelli esteve presente em minha vida desde o começo de minha alfabetização. Foi lá no Infantil, com professoras preparadas, em que aprendi a gostar dos livros, mesmo que na época fossem apenas os “cheios de figurinhas” e dos números, com as primeiras lições de matemática.

No Ensino Fundamental I, tive a oportunidade de ter contado com mais profissionais capacitados, que me ensinaram a escrever, ler e contar. Me apresentaram a história, a geografia e a ciência. Possibilitaram que me expressasse criativamente com as aulas de arte e os trabalhos que exigiam um lado artístico dos alunos.

Do 6° ao 9° ano, comecei a ter contato com a ideia de “vestibular” e a pergunta “o que serei quando crescer?” passou a estar presente em minha vida por completo. Graças aos professores e funcionários do colégio, conheci diversos ramos e caminhos que poderia seguir.

Em 2013 entrei para o Ensino Médio e apesar de algumas dificuldades iniciais, todos ao meu redor sempre estiveram prontos para me ajudar. Só tenho à agradecer a cada professor e colega que tiveram toda a paciência para me ensinarem quantas vezes fossem necessárias.

foto-amandaDurante todo meu colegial, sempre tive a vontade de estudar em uma instituição pública. O Torri apoiou minha turma de segundo ano a prestar o Enem como treineiros e mesmo com apenas metade do Ensino Médio concluído, passei na Unifesp. A partir dessa conquista decidi que lutaria mais ainda para conquistar outras universidades. Os professores e coordenadores estavam cientes de minha decisão e me auxiliaram com o possível, tanto academicamente quanto emocionalmente. Com a inclusão de aulas focadas no Enem e em outros vestibulares, com as aulas ministradas por cada professor e por um estudo árduo pré, durante e pós aulas no Torri, no início de 2016 fui recompensada com o ingresso em três universidades públicas (novamente na Unifesp – no curso Bacharelado Interdisciplinar em Ciências do Mar, focado na Engenharia Ambiental, Unesp e Unicamp – onde estudo agora -, ambas no curso de Engenharia Ambiental).

A pergunta “o que serei quando crescer?” talvez ainda não possa ser respondida por completo, mas graças ao Colégio Torricelli, estou seguindo um caminho que me aproxima cada vez mais de me tornar aquilo que devo ser.