Como já é tradição, o Colégio Torricelli reuniu toda a criatividade de sua comunidade escolar e entoou, nesta sexta-feira, 21 de fevereiro, um dos Carnavais mais animados de Guarulhos.

Cada turma se organizou para proporcionar um dia especial, altamente colaborativo e pronto para se transformar em mais uma memória positiva aos alunos que participaram.

Dividido entre os alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino  Fundamental II e Ensino Médio, a folia começou cedo e rendeu diversas expressões artísticas, seja dentro ou fora de sala de aula.

O corpo docente em prol do Carnaval e toda a sua representatividade

Para aproveitar a celebração do Carnaval como forma de expressão artística e cultural, o corpo docente do Colégio Torricelli esbanjou criatividade na hora de escolher a forma com a qual seus alunos trabalhariam a data.

Assim, cada ano celebrou o dia 21 como símbolo do que o Carnaval representa para o país: uma celebração que acolhe um povo só em suas diferentes características culturais, de norte à sul e de leste à oeste.

O resultado foi uma mistura repleta de momentos inesquecíveis, dentro dos quais os alunos e os professores se juntaram para expressar seus diferentes pontos de vista, sobretudo dentro do que a arte atinge e abrange.

Os pequenos da Educação Infantil e a criatividade de suas fantasias

Os alunos da Educação Infantil, os pimpolhos do Colégio Torricelli, foram fantasiados das formas mais criativas: fadas, princesas, super-heróis e piratas. Cada um com a sua personalidade dentro e fora da fantasia.

Com a criatividade dos pais na hora de vestir e maquiar seus filhos, foi difícil opinar sobre qual fantasia estava mais criativa. Aliás, parabenizamos as famílias pela força de vontade em manter o espírito carnavalesco em pé.

Por sua vez, as professoras entraram no clima e realizaram diversas atividades lúdicas e pedagógicas, nas quais as crianças puderam expressar sua criatividade em expressões artísticas, como pintura e dança.

A animação do Ensino Fundamental I e o samba no pé

Em uma sala de aquecimento, cada aluno do Ensino Fundamental I passou para expressar seu samba no pé e, junto de sua professora, entrar no ritmo e no espírito carnavalesco.

Através de rodas ou o tradicional trenzinho, os alunos mostraram sua animação ao não parar de dançar sequer por um segundo. Com o sorriso no rosto, então, o aquecimento para o Torri Folia estava apenas começando. E a criatividade das fantasias era surpreendente.

E começa o Torri Folia!

Na quadra poliesportiva do Colégio Torricelli, os alunos do Ensino Fundamental I se reuniram e, através de blocos carnavalescos, entoaram toda a animação que já haviam expressado no aquecimento.

Liderados por um gigante Boneco de Olinda, a bateria começou ao ritmo do samba, seguida por bloquinhos representando o amor, a amizade, solidariedade, respeito, gratidão e tolerância.

Com a porta-bandeira agitando o Torri Folia, os blocos desfilaram por toda a quadra para mostrar à comunidade escolar que o Carnaval, aqui, é muito mais do que uma festa, e faz parte da cultura popular do Brasil. E os pais, que colaboraram com a criatividade na hora da fantasia e da maquiagem, sabem muito bem disso.

O Ensino Fundamental II e a expressão artística

Mas o Torri Folia não acaba por aqui. Após o criativo desfile dos pequenos, a galera do Ensino Fundamental II também veio dar o seu recado.

Ao invés de fantasias, os alunos de 6ºs, 7ºs, 8ºs e 9ºs anos, desfilaram com máscaras confeccionadas por eles nas aulas de Arte, representando, do abstracionismo ao grafite.

Desta forma, o Carnaval no Colégio Torricelli se tornou ainda mais representativo, entoando a criatividade dos professores em escolher temas que ofereçam significado a cada turma, de acordo com a faixa etária e o conteúdo trabalhado.

Acompanhe abaixo a galeria de fotos do evento: